O meu podcast: bate-papo com Adam Saleh e Slim Albaher

1º de julho de 2020
Conversamos com vários podcasters sobre o processo criativo e por que o áudio é um dos meios mais legais para contar uma história.

Adam Saleh e Slim Albaher já fizeram de tudo. Nos últimos 10 anos, eles trabalharam com produção de vídeo, gravação de música, design de merchandise e boxe profissional. Agora, eles apresentam uma série de entrevistas semanais e também podem colocar “podcaster” no currículo. Adam e Slim usam toda essa experiência nas conversas no Socially Profiled. No entanto, o que mais rende material para o podcast são eles mesmos: dois amigos de descendência americana e iemenita, nascidos e criados em Nova York, conversando sobre vários assuntos no programa.

Slim Albaher

Todas as semanas no Socially Profiled, Adam e Slim entrevistam convidados especiais, como rappers, atletas, amigos e familiares. Essas conversas abordam a cultura pop, as últimas tendências sobre diversos tipos de conteúdo e as experiências de Adam e Slim como crianças muçulmanas nos Estados Unidos. É assim que o Socially Profiled comprova como é possível fazer ótimos podcasts com os materiais mais espontâneos. As amizades, a criação dos filhos e as reações instantâneas a diversos aspectos do mundo são ótimos pontos de partida para criar o próximo episódio de um podcast. Contanto que o assunto atraia a atenção das pessoas de um jeito autêntico, elas vão se interessar em ouvir.

Conversamos com Adam e Slim sobre a produção do podcast e o aprendizado deles durante essa jornada.

Qual foi a motivação para começar um podcast?

Muitos dos nossos colaboradores começaram podcasts e tiveram sucesso. Nós buscávamos uma nova plataforma para tentar algo diferente e compartilhar um novo tipo de conteúdo com nossos fãs. Tudo acabou dando certo e desenvolvemos algo que nos dá muito orgulho.

Qual é o formato do podcast e como ele foi escolhido?

Os episódios do nosso podcast são semanais e têm uma hora, o que pareceu ser a medida certa para começar. Se os fãs quiserem mais episódios, poderemos aumentar para duas vezes por semana, mas queríamos acertar de primeira porque consistência e qualidade são muito importantes para nós.

Como é sua estrutura de gravação?

Desde que começou o isolamento, começamos a adotar uma abordagem de improviso. Atualmente, usamos um microfone Yeti, fones de ouvido e nosso laptop para gravar.

Como é a divulgação do podcast?

Divulgamos nosso podcast nas redes sociais, como YouTube, Instagram, Snapchat e Twitter. Carregamos vídeos no nosso canal do YouTube para atrair o público e incentivar essas pessoas a ouvir o episódio completo na plataforma de podcast que elas preferem. Recentemente, criamos uma conta no Instagram para exibir todo o conteúdo do podcast em um só lugar.

Nossa melhor dica é a seguinte: mantenha a consistência e não esconda quem você é. Fale sobre os assuntos que despertam seu interesse.
Adam Saleh
De qual recurso do Anchor vocês gostam mais?

O recurso de Mensagens de voz é um jeito muito fácil de incorporar as perguntas e os agradecimentos dos fãs aos episódios. Nós dois adoramos.

O que as pessoas precisam saber antes de criar um podcast?

Antes de começar, é importante saber que é fácil criar um podcast. Sempre achamos que seria muito mais difícil, mas o Anchor deixa tudo simples de verdade. Criar é fácil, o difícil é transformar o podcast em algo especial.

Do que vocês mais gostam no podcast?

O que mais gosto no nosso podcast é que ele funciona como uma plataforma para mostrarmos nossa autenticidade e espontaneidade.

Alguma dica sobre produção de podcast?

Nossa melhor dica é a seguinte: mantenha a consistência e não esconda quem você é. Fale sobre os assuntos que despertam seu interesse.


How do you podcast? Let us know on Twitter and Instagram. If you’re looking for more tips, check out the previous edition of How I Podcast, and if you want to start your own, try making something awesome with Anchor.

Saiba mais: inspiração