5 de agosto de 2022

Como usar a Caixa de perguntas e as Enquetes para aumentar o engajamento no seu podcast

Comentários, histórias e perguntas de seus ouvintes com apenas alguns cliques.

Se já passou pela sua cabeça que podcasts às vezes parecem monólogos, com os novos recursos de Caixa de perguntas e Enquetes da Anchor, seus ouvintes também participam.

São recursos interativos que abrem de forma inédita a linha de comunicação entre criadores e ouvintes. As Caixas de perguntas e as Enquetes fazem o engajamento do público aumentar e ajudam a gerar interesse pelo seu programa, criar inspiração e até moldar o conteúdo e a continuidade do podcast.


Como a Caixa de perguntas e as Enquetes funcionam

‍Quando você ativa a Caixa de perguntas e as Enquetes, os ouvintes interagem diretamente nos episódios do podcast. Na Anchor, selecione um episódio para adicionar uma pergunta ou enquete e clique na guia “Comunidade” para escrever. Quando terminar, é só clicar em “Salvar” para enviar.

Quando você começar a receber respostas, pode clicar em “Ver respostas” para ler e fixar suas favoritas na parte superior da tela do episódio.

Com a Caixa de perguntas, os ouvintes adicionam apenas uma resposta aberta. Já nas Enquetes, eles podem escolher até sete opções. É possível controlar o tempo de exibição da enquete; as respostas em tempo real aparecem durante esse período, e os resultados finais aparecem depois.  

Você pode editar as perguntas da Caixa de perguntas a qualquer momento e escolher um ou ambos os recursos para adicionar a um episódio. Você tem flexibilidade para usar as Caixas de perguntas e as Enquetes como quiser e descobrir o que funciona melhor no seu podcast.


Por que o engajamento do público é importante para você e seus ouvintes

Sua interação com os ouvintes fortalece a conexão deles, gera mais fidelidade e contribui para o aumento geral do número de ouvintes. Essa comunidade que você constrói divulga seu podcast pelo boca a boca e pelas redes sociais.

Quando os ouvintes participam do desenvolvimento do podcast, de certa forma, acabam se tornando colaboradores. O feedback deles pode ajudar você a moldar o conteúdo, dar ideias, inspiração e insights sobre o que o público curte e quer ouvir.

Os resultados das Enquetes e as respostas fixadas da Caixa de perguntas criam conteúdo para você abordar no podcast e geram entusiasmo na sua comunidade. Dar destaque às respostas dos ouvintes é um jeito de atrair o interesse deles e ainda inspirar outras pessoas a participarem.

Outro incentivo para aumentar o engajamento do público é que isso ajuda a deixar seu podcast cada vez mais afiado. Todos os feedbacks dos ouvintes vão parar em seu painel da Anchor para facilitar o acesso.  “Com a integração das Caixas de perguntas e das Enquetes na Anchor, é mais simples e rápido saber a opinião do público. Isso sempre foi um desafio no mundo dos podcasts”, comenta Michael Tucker, do Beyond the Screenplay. Bem eficiente, não é?


Práticas recomendadas de engajamento do público com as Caixas de perguntas e as Enquetes

Aproveite ao máximo esses recursos interativos para beneficiar você e seus ouvintes. Estas táticas vão aumentar o engajamento do público e acelerar a evolução do seu podcast.

Crie uma afinidade com o público

A Caixa de perguntas e as Enquetes dão a você a oportunidade de conhecer melhor seu público e estabelecer uma conexão com ele.

Nada melhor do que fazer perguntas divertidas e interativas aos ouvintes sobre cada episódio. Tucker usa essa abordagem nas Caixas de perguntas do seu podcast “Beyond the Screenplay”, que investiga as histórias por trás dos filmes. “Para cada episódio que lançamos, incluímos uma pergunta relacionada ao filme ou aos tópicos de discussão. Por exemplo, no episódio do filme “Whiplash”, perguntamos aos ouvintes qual é o filme favorito deles sobre artistas obcecados. É um jeito rápido e divertido de entender melhor nosso público”, diz Michael.

Essa também é uma boa forma de conhecer os ouvintes individualmente. Vá além do espaço do podcast e peça para que os ouvintes compartilhem histórias, experiências ou detalhes sobre eles próprios. Pergunte como eles estão, o lugar favorito deles para viajar, o primeiro show em que foram etc. Isso pode servir de inspiração para um maior engajamento.

Se você não souber o que perguntar para o público, veja a dica em primeira mão de Scott Lynch, do The Motivated Mind. “Pense nos podcasts que você ouve. Que perguntas você gostaria que o criador fizesse? Como você gostaria de interagir com o criador? Quando nos colocamos no lugar das pessoas, podemos começar a estruturar nossas Caixas de perguntas e Enquetes.”


Conheça as necessidades dos seus ouvintes

Para valorizar seus ouvintes ao máximo, descubra problemas, dificuldades, desejos não correspondidos e outras necessidades não atendidas deles.

“‘O que tem atrapalhado você ultimamente?’ Esses tipos de perguntas podem revelar muitas coisas. Às vezes, pode ser difícil determinar o que as pessoas vão querer ouvir em episódios futuros. Quando você faz uma pergunta estruturada assim, consegue ter uma ideia das necessidades dos ouvintes”, explica Scott.

Outro exemplo nessa mesma linha é fazer perguntas mais diretas sobre o que o público quer, mas ainda não viu no seu programa, como “Tem algum assunto que você queira conhecer e que ainda não discutimos aqui?” ou “O que podemos ensinar ou responder em um episódio futuro?”

Receba inspiração dos seus ouvintes

Os resultados da Caixa de perguntas e das Enquetes podem direcionar trechos ou episódios inteiros com base em informações sobre assuntos de episódios, perguntas para discussão e recomendações de convidados, entre outros componentes relacionados ao conteúdo. Durante os episódios, você pode revelar os resultados e as respostas e falar sobre eles em detalhes. Isso ainda pode servir de inspiração para o conceito do podcast. E se o programa fosse baseado exclusivamente nas perguntas que você faz ao público e nas respostas que recebe? Use e abuse da criatividade. As possibilidades são inúmeras.

Para variar um pouco a experiência da Caixa de perguntas, que tal passar a palavra para os ouvintes? Deixe que eles façam perguntas para você responder quando for ao ar. Podem ser perguntas sobre assuntos diversos, sobre o processo de produção do podcast ou especificamente relacionadas ao tema, nicho ou especialidade do podcast.

Se você está com um bloqueio criativo ou simplesmente tem curiosidade sobre o potencial de uma ideia, use a Caixa de perguntas e as Enquetes como um workshop para analisar e testar conteúdos. “As Enquetes nos ajudam a tomar decisões sobre o futuro do programa. Quando avaliamos opções, como a próxima trilogia de filmes que vamos abordar, é ótimo usar as Enquetes para saber o que mais anima nossos ouvintes”, diz Michael.

Também pode ser uma forma de medir o impacto dos episódios anteriores e seus conceitos. “Todos os meus episódios têm ensinamentos sobre mindset e autocrescimento. Eu uso a Caixa de perguntas para entender se e até que ponto meu público colocou esses ensinamentos em prática. Com esses insights, consigo saber se as lições foram eficazes e se meus ouvintes têm uma abordagem mais eficiente para compartilhar”, explica Scott. Com esse tipo de feedback, você aprende com os ouvintes e entende a visão deles sobre diferentes táticas.

Use as Caixas de perguntas para perguntas abertas e as Enquetes para fechadas

Tanto as Caixas de perguntas quanto as Enquetes têm vantagens e objetivos exclusivos. As Caixas de perguntas servem para investigar e aprender. As Enquetes têm parâmetros e podem ajudar no processo de seleção.

“As Caixas de perguntas são uma excelente maneira de deixar o público se expressar”, diz Michael. Nelas, os ouvintes têm espaço para responder às questões com o que de fato pensam.

Já nas Enquetes, você direciona as pessoas para opções específicas de múltipla escolha. “As Enquetes são ótimas para descobrir os pontos em comum entre você e seus ouvintes. Elas permitem que exista um certo controle sobre o conteúdo que você cria, pois mostram opções que você já curte, mas ainda envolvem o público no processo de tomada de decisão”, explica Michael.

“As Enquetes são melhores para ajudar o criador na coleta de feedback ao decidir entre opções específicas. Por exemplo, se quisermos falar sobre um filme de terror para o Halloween, mas ainda não sabemos qual deles o público vai gostar mais, a Enquete é uma maneira rápida e fácil de tomar uma decisão.”

Compartilhe a opinião dos ouvintes

Depois que receber as respostas, o próximo passo é compartilhar. Isso é importante porque promove esses recursos no seu podcast e inspira os ouvintes a participarem.

Uma das várias maneiras de compartilhar respostas e resultados de Enquetes é falando sobre eles durante os episódios. Com a Caixa de perguntas, você pode compartilhar a resposta completa e mencionar a pessoa que a enviou. É uma forma de incentivar os ouvintes a ouvir o podcast para saber se a resposta será lida e comentada.

Michael faz isso no início de seus episódios para prender os ouvintes logo de cara. Também é uma oportunidade de promover as próximas Caixas de perguntas e Enquetes que você planejou. “Para incentivar a participação do público, aborde as perguntas ou enquetes no próprio episódio do podcast. Por exemplo, geralmente mencionamos as perguntas no início dos episódios: ‘E para todos que nos ouvem pelo app Spotify, nossa pergunta é…’”

Além dos episódios em si, compartilhe respostas marcantes nos canais online em que você promove seu podcast, incluindo redes sociais e e-mail.


O engajamento do público faz do podcast uma via de mão dupla

O engajamento do público rompe as limitações impostas sobre o formato do podcast desde sua origem. Antes, o podcast era mais voltado para a transmissão do que para a interação, mas agora os criadores têm uma conexão real com o público.

“Criar um podcast é gratificante, porque você constrói uma comunidade. Uma comunidade de indivíduos com ideias semelhantes. Essas interações destacam quem está do outro lado do microfone. Ser podcaster não se resume apenas a falar; é também saber ouvir. Isso nos inspira a ouvir como nossas palavras afetam a vida dos ouvintes e a saber como eles transmitem esse conhecimento”, comenta Scott.

“Com esses recursos, você não só ouve, mas também valoriza as pessoas que mais se importam com seu trabalho”, diz Michael.


A inspiração bateu?

Criar um podcast

Saiba mais: Compartilhar